. ÚLTIMO DIA: Empresas de São Paulo pagarão multa por coleta de lixo se não fizerem cadastro | MG Contécnica skip to Main Content
ÚLTIMO DIA: Empresas De São Paulo Pagarão Multa Por Coleta De Lixo Se Não Fizerem Cadastro

ÚLTIMO DIA: Empresas de São Paulo pagarão multa por coleta de lixo se não fizerem cadastro

Termina nesta segunda-feira (9), o prazo para que todas as empresas da capital se cadastrem no sistema de controle de lixo da Prefeitura de São Paulo. A multa para quem não fizer o cadastro pelo site www.ctre.com.br é de R$1.639,60.

O registro não tem custo e deve ser feito tanto por pequenos como grandes geradores de lixo (acima de 200 litros por dia). A multa por não se cadastrar será aplicada somente aos grandes geradores.

Para localizar os grandes geradores, a Prefeitura instituiu um sistema autodeclaratório e estabeleceu que todo negócio se cadastre, incluindo MEI, ME e Eireli.

Empresas com sede fora da capital, mas que prestam serviços no processo de transporte, manuseio, reciclagem ou destino final de resíduos sólidos gerados na cidade também devem se cadastrar no sistema.

Não importa o porte da empresa, o ramo de atividade ou local de instalação, como loja, sala ou condomínio, todos devem fazer cadastro. A finalidade é melhorar os sistemas de controle, coleta e direção do lixo.

A prefeitura disponibilizou 150 dias para os comerciantes se adaptarem a nova ferramenta, que está disponível desde abril deste ano.

Para realizar o cadastro é necessário preencher dados básicos como CNPJ, número do IPTU e endereço. Os grandes geradores deverão também informar a massa mensal de resíduos sólidos produzidos pelo estabelecimento, a empresa que contratou para a realização dos serviços de coleta e destinação final dos resíduos sólidos.

Para calcular o volume de lixo produzido por dia e descobrir se a empresa é uma grande geradora, a prefeitura sugere a utilização de sacos de lixo nos quais constam as suas capacidades (50, 100, 200 litros).

Ainda está com dúvidas e precisa do suporte de um escritório de contabilidadeFale com um consultor contábil.

Back To Top